Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ESTADO SOCIAL

respigos e reflexões sobre o território e a sociedade

Urbanismo Táctico em Aveiro

11.05.15

 

No próximo dia 21 de Maio (quinta-feira) à tarde o Laboratório de Planeamento do Território e o Mestrado em Planeamento Regional e Urbano do DCSPT da Universidade de Aveiro vão organizar uma palestra sobre Urbanismo Táctico.

 

Como palestrantes teremos Lincoln Paiva que nos falará desde São Paulo através da web, Tiago Castro e João Pedro Rosa promotores e dinamizadores do projecto Vivacidade. Eventualmente, teremos também representantes do Colectivo Nora.

As inscrições poderão ser feitas através do endereço jcmota@ua.pt 

11138653_10200388859080486_4992859936502789161_n.j

 

Vida nova em Aveiro!

08.05.15

A função mais nobre de uma academia é contribuir para melhorar a vida de quem dela faz parte, oferecendo competências, abrindo horizontes e fortalecendo os laços que unem os seus membros e a comunidade. Há, naturalmente, diferentes formas de contribuir para essa melhoria. O conjunto de iniciativas pela promoção do uso da bicicleta que a Associação Académica da Universidade de Aveiro, Universidade de Aveiro, Município de Aveiro, Polícia Segurança Pública ,FORUM ESTUDANTE e Ciclaveiro levaram a cabo esta semana é uma delas. Este caminho conjunto feito de diálogo, pedagogia, colaboração, solidariedade e diversão é muito rico e inspirador. É toda uma «nova vida» construída pelas nossas mãos!

 

2015-05-08_0939.png

 

Diagnóstico da Mobilidade em Bicicleta - Cidade/Universidade de Aveiro

08.05.15

Diagnóstico da Mobilidade em Bicicleta - Cidade/Universidade de Aveiro from Mestrado em Planeamento Regional e Urbano (UA)

 

Trabalho desenvolvido por Daniela Pacheco R. Fonseca, Joice Kely Dourado e Léo Rafael Pletz no âmbito da Unidade Curricular dePlaneamento da Mobilidade - MPRU do Mestrado em Planeamento Regional e Urbano - Universidade de Aveiro da Universidade de Aveiro

Mike Lydon in Aveiro

06.05.15

Imagem 1406.jpg

 

No âmbito da colaboração do Laboratório de Planeamento do Território com a CORDA-Comércio da Rua Direita e Adjacentes de Aveiro, vamos organizar no próximo dia 7 de Maio, quinta-feira, entre as 21:15 e 22:30, o evento de lançamento do livro «Tactical Urbanism» do urbanista americano Mike Lydonque nos fará a apresentação via web desde Nova York

Do we really need participation in planning?

17.04.15

Regeneração urbana do centro da cidade

10.11.14

Dia Mundial do Urbanismo from José Carlos Mota

A regeneração dos centros da(s) cidade(s) devia ser uma das prioridades

07.11.14

É necessário colocar a regeneração do centro das cidades na agenda política local e nacional. Isso não significa necessariamente mais investimento nas cidades, mas uma melhor combinação dos actores e recursos disponíveis em torno de um desígnio comum, com enfoque territorialmente articulado. 

 

2014-11-07_2322.png

 2014-11-07_1948.png

 

IN 

http://www.diarioaveiro.pt/noticias/regeneracao-do-centro-da-cidade-devia-ser-uma-das-prioridades

O que podemos fazer pelo espaço público

11.10.14

As coisas que podemos fazer pelo espaço público com pouco dinheiro (£6,800). No Reino Unido. E por cá, o que falta?

http://www.dailymail.co.uk/news/article-2397899/Community-transforms-Victorian-passageway-Middlesbrough-homes-oasis-greenery.html

 

2014-10-11_1338.png

 

a imaginação para preencher o vazio!

12.07.14

a imaginação para preencher o vazio, em Aveiro!

 

https://www.facebook.com/vivacidade.aveiro

 

 

 

Pode uma «bolacha» mudar uma cidade?

20.06.14

 

 

Um questão interessante lançada hoje no Diário de Aveiro pelo jornalista João Peixinho a propósito da campanha da Pavesini em Aveiro (*). Teresa Aragonez - especialista em marketing e docente do IPAM - chama a atenção para o potencial de projecção internacional da cidade no mundo e para a curiosidade que o vídeo pode vir a despertar junto de potenciais turistas (só no youtube são mais de 50.000 visualizações; se vier a passar na televisão italiana poderão ser alguns milhões). Acontece que esta exposição mediática coloca vários desafios à nossa cidade o maior dos quais passa por não defraudar os futuros visitantes. 

 

(*) https://www.youtube.com/watch?v=SDlTZofXa7c 

Tornar a cidade mais doce

18.06.14

 

 

 

 

As imagens da campanha da Pavesini em Aveiro dão que pensar (https://www.youtube.com/watch?v=SDlTZofXa7c). Uma empresa de bolachas consegue fazer com pouco dinheiro um conjunto de micro-intervenções no espaço público - bancos, flores e umas pinturas - que mudam a imagem de uma cidade (projectando-a por este mundo fora). Bem sei que a cidade precisa de outras mudanças, mais profundas, mas talvez estes pequenos passos, efémeros que sejam, nos permitam ganhar ânimo para outros voos. Será que não conseguimos juntar esforços para tornar um pouco mais doce a vida da nossa cidade?

Sweet home | Aveiro | Portugal

18.06.14

Nós e a Escola | de olho posto no futuro

17.06.14

World-cup

15.06.14

Bolachas artesanais nascidas da crise fazem sucesso

09.06.14

Bolachas artesanais nascidas da crise fazem sucesso

 

 

https://www.facebook.com/asbolachasdasofia

 

http://atelierdadocura.wix.com/atelierdadocura

 

 

José Pacheco @TEDxAveiroED

09.06.14

Mitos, utopias e moscas: José Pacheco @TEDxAveiroED

 

Banco do Tempo, em Aveiro

06.06.14

https://www.facebook.com/BancodeTempoAveiro

 

Protected bike lanes really do increase biking?

06.06.14

O meu amigo João Martins enviou-me o link deste estudo que refere que «Protected bike lanes really do increase biking» (Vox, 5/06/2014)

 

Esta é uma das questões que mais apaixonam os que se dedicam a reflectir sobre estas temáticas. Será que a adopção de pistas cicláveis é o caminho a seguir para aumentar o número de utilizadores de bicicleta nas cidades? 

 

Defendo uma estratégia um pouco mais holística que passa por melhorar a infra-estrutura (repensar o desenho urbano, introduzir mais e melhor sinalização vertical e nos pavimentos; equacionar bem a introdução dos contextos segregados), reduzir a velocidade geral dos automobilizados (mais zonas 30, mais acalmia), educar o convívio entre ciclistas, utentes da  infra-estrutura (peões, condutores), trabalhar com os reguladores da infra-estrutura (PSP, GNR e autarquias), fazer iniciativas que introduzam muitas bicicletas no «terreno de jogo» (sistemas colectivos de bicicletas, experimentação com grandes grupos), trabalhar com funções sociais e económicas da cidade para que passem a ser bike-friendly, estimular empreendedores para conceber  novos produtos e serviços de apoio (por a economia a empurrar) e, sobretudo, fazer isto tudo ao mesmo tempo.

Ainda assim, acho que a estratégia tem de ser «context-dependent» e relembro que na Murtosa e na Gafanha onde mais se anda em bicicleta em Portugal as pistas não foram fundamentais. Mas uma coisa é trabalhar num contexto de 10-20% de quota modal ciclável (em concelhos da região de Aveiro) outra, bem diferente, é trabalhar num contexto de 0,5% (a média nacional).

 

Pastelaria aveirense vai ajudar na regeneração do Buçaco

06.06.14

Pastelaria aveirense vai ajudar na regeneração do Buçaco, doando entre 500 e 1000 novas árvores. Tudo dependerá dos clientes!

 

O milagre dos «ovos-moles». Vamos a isso!

 

 

LINK Latina

 

LINK Fundação Mata do Buçaco

Rés do Chão velhos com cheiro a novo

04.06.14

 

 

Lisboa vai ter Rés do Chão velhos com cheiro a novo (P3)

 

a ideia passa pela «criação de uma rede de pisos térreos ocupados e reabilitados [que] irá trazer mais pessoas à cidade, contribuindo para a economia local e iniciando um ciclo de recuperação dos edifícios degradados e do espaço público» Sara Brandão, P3, 3/06/2014

 

A vida é em 3D (mas só em Aveiro)

02.06.14

 

 

LINK

 

https://www.facebook.com/beeverycreative

BUGAs vão ter vida nova

02.06.14

Sentido de comunidade

31.05.14

 

 

“O importante é criar um sentido de comunidade” (Diário de Aveiro, 25/05/2014)

LabCult em Aveiro

31.05.14

 

 

Mais informações: https://www.facebook.com/labcult

Tricotadeiras

20.05.14

 

 

LINK

Nós e a Escola, agora em Aveiro

17.05.14

Absolutamente notável a qualidade e relevância do documento em debate hoje no evento «Nós e a escola, de olho posto no futuro» organizado pelas Associações de Pais e Encarregados de Educação de Escolas de Aveiro. Agora na Universidade de Aveiro. Apareçam!

 

LINK

 

Na vida sofremos 30 a 40 perdas

16.05.14

«Na vida sofremos 30 a 40 perdas, só que não as identicamos como lutos»

«O luto é uma reacção a uma perda com um significado pessoal profundo»... «perdas tão diversas quanto ... a separação da pessoa amada; por morte ou divórcio;a emigração; nascimento de um filho deficiente, ou no caso de um aborto; quando há a amputação de um membro; e quando existe uma desqualificação social [desemprego]»

José Eduardo Rebelo, Público 16/05/2014

 

Notável o exemplo de vida do Prof. José Eduardo Rebelo. Para quem quiser conhecer o trabalho da APELO, aqui fica o LINK 

 

Tricotar a cidade

15.05.14

 

 

As coisas que se fazem nesta cidade. Notável! Vejam aqui

Os cidadãos não participam? Claro que participam!

14.05.14

 

 

LINK

 

2.ª Reunião de trabalho do projeto VivaCidade. Vestir os Vazios da Cidade, que irá realizar-se no próximo dia 14 de Maio, pelas 21h, na Casa de São Sebastião, na Rua de São Sebastião, n.º 42.

 

 

Resumo e Conclusões da 1ª Reunião de Trabalho:

bit.ly/1mVKKxV
Apresentação VivaCidade: 

bit.ly/1io2J1r

VivaCidade. Vestir os Vazios da Cidade
vivacidade.aveiro@gmail.com
www.facebook.com/vivacidade.aveiro

The future of risk management in Europe (conferência em Aveiro)

13.05.14

 

 

http://www.projectprisma.eu/index.php/conferences

 

Programa