Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ESTADO SOCIAL

respigos e reflexões sobre o território e a sociedade

Mecanismos geradores de desigualdades

01.05.14

Oportuna reflexão de Gustavo Cardoso, hoje no Público. 

 

«E se não for possível, com a actual estrutura de distribuição de riqueza, ter mais crescimento que os 1,5% nos países europeus? E nem ter o crédito abundante necessário para investir? E se o problema estiver na concentração excessiva de riqueza em 1% da nossa população e no exagero salarial entre "quem gere" e "quem tem emprego"? E não apenas nas metas políticas de austeridade e equilíbrio de contas públicas?» 

Gustavo CardosoPúblico (LINK).

 

Perante as dúvidas levantadas, e recuperando outra ideia de GC, torna-se fundamental encontrar «novos mecanismos de redistribuição de riqueza» e «um debate sobre os nossos mecanismos sociais, económicos, políticos e culturais geradores de desigualdades de rendimentos» (O défice da desigualdade, GUSTAVO CARDOSO 24/01/2014). Eis um tema a que a sociedade portuguesa deveria dar particular atenção.

 

A este propósito, vale a pena olhar para o recente relatório da OCDE sobre a concentração de riqueza. E também para a notícia do Público